Documentário retrata história do Pagode Na Disciplina no Jardim Miriam

Abordando questões de gênero, direito à cidade e a tradição das rodas de samba, o filme ‘Na Disciplina: Samba e Cidadania’ retrata a comunidade de samba como um instrumento de articulação política e cultural nas periferias.

Por Da Redação 25/10/2019 - 16:02 hs
Foto: João Victor Oliveira
Documentário retrata história do Pagode Na Disciplina no Jardim Miriam
Aniversário de 4 anos do Pagode Na Disciplina.

Neste domingo (27), estréia o documentário “Na Disciplina: Samba e Cidadania”, que conta a história de uma comunidade de samba que nasceu há quatro anos no Jardim Miriam, bairro da zona sul de São Paulo, localizado no distrito de Cidade Ademar. O média-metragem evidencia a função ancestral do samba como reivindicação de direitos políticos e sociais para a população negra e periférica.

Mantendo a tradição do Pagode da Disciplina, a primeira exibição acontecerá no último domingo do mês, no mesmo dia em que a roda acontece, a partir das 15h. Todas as pessoas presentes terão a possibilidade de assistir ao filme. A classificação é livre.

O grupo musical ‘Pagode Na Disciplina’ nasceu do desejo de músicos do bairro em proporcionar um momento de lazer e convivência para seus vizinhos e familiares. Por meio deste personagem principal, que é o samba, as entrevistadas e entrevistados são sambistas e pessoas dos arredores com trajetórias que possibilitaram o surgimento da iniciativa nos dias atuais. 

A construção do roteiro ressalta a importância da produção cultural nas periferias e favelas como contraponto ao racismo e ao sistêmico empobrecimento destes territórios. Além disso, aborda a questão de gênero, colocando luz no papel das mulheres como sambistas ou como estrategistas e articuladoras do bairro.

Conduzido por um coletivo autônomo de audiovisual, formado a partir do chamado de Luana Vieira, produtora do Na Disciplina, quatro profissionais se uniram para contar essa história. Com uma equipe integralmente negra, a produção do filme é também um manifesto sobre a importância de registrar, ouvir e contar as histórias a partir das margens da cidade, como a da produtora da comunidade de samba, que articula importantes construções políticas e culturais para manter o pagode na ativa e conectado com os moradores do território.  

A ideia do documentário foi contemplada por um edital de fomento à produção audiovisual na região liderado pelo Coletivo Mascate Cineclube, iniciativa local que luta pela democratização do cinema e cultura no bairro, contemplada pelo VAI - Programa para a Valorização de Iniciativas Culturais, da Prefeitura de São Paulo.

Sinopse 

Na ausência de equipamentos públicos de cultura, a rua se torna o espaço de convivência e lazer possível. E o samba, música-tecnologia que nasceu como ferramenta de resistência e existência da população negra no Brasil, é uma das trilhas sonoras que embalam as periferias de São Paulo. ‘Na Disciplina: Samba e Cidadania’ é um documentário gravado no Jardim Miriam, bairro localizado no distrito de Cidade Ademar, lado sul do mapa. O média-metragem mergulha na história do grupo musical ‘Pagode Na Disciplina’, que mensalmente ocupa a rua para a tradicional roda de samba e fala sobre a expressão cultural, política e de cidadania do samba, além de abordar a liderança das mulheres para que tudo aconteça. A definição da ‘disciplina’ aparece em aspectos familiares e de uma vida em comunidade. 

Equipe: Produção executiva - Luana Vieira / Direção - Semayat Oliveira / Direção de produção - Carol Moreno / Direção de fotografia - João Victor de Oliveira / Desenho de som - Sabrina Teixeira. 

 

Agenda

Lançamento do documentário “Na Disciplina: Samba e Cidadania”

Data: 27 de outubro (domingo)

Horário: *Samba a partir das 15h | *Exibição do filme às 18h

Local: Pagode Na Disciplina

Endereço: Rua Oldegard Olsen Sapucaia, 168 - Cidade Ademar, São Paulo