Nossa Equipe

Sample avatar

Evelyn Vilhena

Moradora de Carapicuíba, é jornalista e coordenadora do programa de formação Você Repórter da Periferia. Desde 2017 atua com comunicação periférica junto ao Desenrola e Não Me Enrola.

Sample avatar

Flávia Lopes

Graduada em Design, técnica em fotografia e moradora do Jardim São Luís, atua com comunicação em contextos periféricos desde 2012. Além de trabalhar com design gráfico e atuar na produção de conteúdo, também é coordenadora do Centro de Mídia M'Boi Mirim, espaço de trabalho compartilhado dedicado a comunicação periférica.

Sample avatar

Ronaldo Matos

Apreciador do direito de imaginar, criar, pesquisar e refletir, Ronaldo Matos é jornalista e educador. Ele é co-fundador e editor do Desenrola e Não Me Enrola. Influenciado pela cultura Hip Hop e a Filosofia, o morador do Jardim Ângela vive a quebrada como uma plataforma urbana de conhecimento, para compreender e questionar o que é periferia. Em busca da sua ancestralidade, uma de suas principais paixões é promover intercâmbios políticos e culturais com comunidades tradicionais.

Sample avatar

Thais Siqueira

Moradora do Jardim Ângela, zona sul de São Paulo, Thais Siqueira é jornalista, educadora, articuladora sociocultural e integra a Rede Jornalista das Periferias. Ela é co-fundadora do Desenrola E Não Me Enrola. Uma das suas principais motivações é criar espaços de reflexão e valorização das potências da juventude periférica e do campo do jornalismo das periferias.

Sample avatar

Tamires Rodrigues

Tamires Rodrigues, 23, é estudante de análise e desenvolvimento de sistemas e moradora do Jardim Ângela, zona sul de São Paulo. Em 2018, ela se formou em Práticas Jornalísticas Nas Periferias pelo programa de formação Você Repórter da Periferia. Através da escrita e da escuta ativa, ela pauta a tecnologia contando a histórias de moradores e projetos das periferias e favelas, para transformar seu imaginário sobre a quebrada.

Sample avatar

Vitória Guilhermina

Moradora do Rio Pequeno, zona oeste de São Paulo, Vitória Guilhermina, 20, é formada em Orientação Comunitária pela Etec CEPAM. Ele 2018 ela se formou em Práticas Jornalísticas Nas Periferias pelo programa de formação Você Repórter da Periferia. Ela atua em seu território com projetos de participação política, como o Cursinho Livre Cláudia Silva Ferreira. Por meio da escrita, ela está aprendendo a ser cientista social fazendo jornalismo de quebrada.