Socióloga com extensão em estudos da Genealogia do gênero -PUC -SP. Com experiência em gerência de projetos, planejamento e acompanhamento de equipe de ação e educadora. Atuo como gerente de serviço do Centro de Juventude Julita e presidenta da Organização social Bloco do Beco. 20 como ativista na Periferia Sul com ações na área de gênero, política e cultura, em coletivos como KATU de educação, Fala Guerreira e Periferia Segue Sangrando.
Opinião Colunas

Legado

Comunidade, esse mês foi difícil escrever, primeiro pela diversidade de assuntos que poderia conter nesse texto. Minha cocandidatura política, COVID-19, política brasileira, machismo estrutural, futebol e privilegio branco que vivemos. Enfim, muitos temas, todos mergulhados em uma mulher negra indígena e periférica, que nasceu na periferia e foi criada na favela.

Notícias

  • Opinião
OPINIÃO Anabela Gonçalves

Distopia Periférica: os efeitos sociais de um mundo remoto

Eu estive pensando muito sobre esse momento tão distópico do nosso país, o que é distopia? Se trata de um lugar imaginário onde vivemos em opressão, uma utopia distorcida, tipo sonho que vira pesadelo, sabe?

Notícias

  • OPINIÃO
OPINIÃO Colunas

A cronologia da covid-19 nas periferias e a crise social

O abandono de políticas de gerenciamento da cidade e de um plano diretor eficiente custou caro à população em um momento tão perigoso como esse. 

Notícias

  • OPINIÃO