As Redes de Parcerias como base das ações integradas na Economia Solidária

A partir destas parcerias, a Percurso Produções passa a articular a formação de Redes em diversas regiões de São Paulo, levando e apresentando para novos públicos, como empreendedores, organizações sociais e entidades públicas, a importância da Economia Solidária para o ecossistema social e cultural da periferia.

Por Da Redação 11/10/2016 - 14:28 hs

Da Redação


A criação de redes de parcerias na Economia Solidária reforça o quanto a articulação comunitária e cultural é importante para o desenvolvimento de projetos sustentáveis a médio e longo prazo.

Na Percurso Produções, essa metodologia não é diferente. E no decorrer do nosso primeiro ano de atuação (2016), ela vem ganhando cada vez mais força ao passo que as ações da produtora contribuem para formação de público e capacitação profissional de empreendedores nas comunidades paulistanas.

Com isso, gostaríamos de apresentar aqui duas iniciativas que contribuíram diretamente para o surgimento e atuação da Percurso Produções nos territórios da periferia de São Paulo.

União Popular de Mulheres de Campo Limpo e Adjacências é uma organização social sem fins lucrativos, sem vínculos partidários, empresariais ou religiosos, comprometida com a integração sociocultural e educacional da sociedade paulistana. Com quase 30 anos de atuação, suas atividades são engajadas em fomentar e fortalecer a organização popular e o desenvolvimento local da região do Campo Limpo, distrito localizado na zona sul de  São Paulo, com mais de 250 mil habitantes.

Um dos principais pontos de atuação da União Popular de Mulheres do Campo Limpo é a luta pela completa emancipação da mulher e pela igualdade nas relações sociais e ainda, mobilizar, unir e organizar seus associados e associadas para a luta e consequente conquista da plenitude de seus direitos sociais, econômicos, políticos, ambientais e culturais.

Outro parceiro que fortalece as ações da Percurso Produções é a Agência Popular Solano Trindade, um empreendimento cultural que vem sendo construído por jovens que possuem ações culturais na zona sul de São Paulo e tem como proposta o fomento e o fortalecimento da economia criativa, através do incentivo à produção e difusão da cultura popular, criando formas de organização que possibilitem a sustentabilidade e autoprodução das ações culturais.

A partir destas parcerias, a Percurso Produções passa a articular a formação de Redes em diversas regiões de São Paulo, levando e apresentando para novos públicos, como empreendedores, organizações sociais e entidades públicas, a importância da Economia Solidária para o ecossistema social e cultural da periferia.